PROLETRAMENTO MATEMÁTICA VIRADOURO 2013

ESPAÇO DEDICADO A POSTAGENS DE TRABALHOS RELATVOS AO PROLETRAMENTO DE MATEMÁTICA DO MUNICÍPIO DE VIRADOURO - SP


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Portifolio do segundo encontro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Portifolio do segundo encontro em Ter Abr 17, 2012 8:32 pm

2 Fascículo 1 em Seg Abr 02, 2012 4
ELIANA APARECIDA GOBETTI FURLAN


Data de inscrição: 15/03/2012
Idade: 42
Localização: Viradouro/SP
Pró-Letramento em Matemática–Viradouro 2012
Cursista: Eliana Aparecida Gobetti Furlan
Tutores: Prof. – Manoel Aparecido Brandão
Encontro nº1 de 22/03/2012 - Fascículo 01 –Números Naturais.Páginas(7 a 21)

1 - DESCRIÇÃO SUCINTA DO ENCONTRO DE CURSISTAS
Apresentação da pauta do dia e iniciamos as atividades propostas no material didático, com apresentação das atividades.


2 - TI’s (Tarefas Individuais) Propostas

TI - 1 Selecione exemplos de trabalhos de alunos representando números. Comente-os e leve este material para discutir com o grupo de formação no próximo encontro.
* Distribui um montinho de palitos de sorvetes para cada aluno e, junto com eles, fui fazendo perguntas oralmente. Por exemplo: Vamos pegar 3 palitos , agora contem 1,2,3.Vamos ver na reta numerica qual e o numeral 3. E assim, sucessivamente com outros numeros. Aproveitei tambem para dar uma nocao bem simples de adicao e subtracao e, depois que fizemos oralmente varias vezes, eles passaram para o caderno.

TI – 2 Vamos explorar etiquetas com valores como 16 e 61. Ao mostrar estas etiquetas para os alunos, que perguntas você poderia fazer para ajudar seus alunos a observarem a diferença existente entre esses dois registros numéricos de agrupamentos diferentes?
*Propor fazer uma reta numerica, onde os alunos vizualizariam os numeros e assim veriam a diferenca.

TI – 3 Usando a idéia de comparação de coleções e contagem dos elementos de cada coleção, elabore uma atividade de ordenação de números naturais para os alunos.
* Distribuir aos alunos 10 palitos de sorvete e 5 palitos de fosforo. Depois perguntar: quantos palitos de sorvete temos?, quantos palitos de fosforo temos?, quantos temos mais?, quantos palitos temos juntos?

TI – 4 Elabore uma atividade lúdica de ordenação de números naturais na reta numérica.
*Desenhar uma regua na lousa ( 0 a 30 ) e chamar os alunos na lousa para identificarem o seu numero da chamada e ver quantos estao a sua frente, quantos estao depois do seu numero.

TI – 5 Descreva pelo menos quatro representações diferentes para o número 984 usando materiais concretos
* 948 - 489 - 894 - 984


TI – 6 Expliquem por que é errado dizer que o número 28 tem 8 unidades. Quantas unidades têm 28? Qual é o significado correto do algarismo 8, em 28?
*Porque o numero 28 tem 28 unidades. O numero 8 representa as unidades soltas que não formaram grupos.

TI – 7 Explique por que é errado dizer que o número 234 tem 3 dezenas? Quantas dezenas tem 234? Qual é o significado correto do algarismo 3, em 234?
*Porque para termos 3 dezenas, o numero deveria ser 30 ao 39. O numero 234 possui 23 dezenas.

TI – 8 Elabore uma atividade, explorando recursos discutidos neste fascículo, para ajudar seus alunos a compreender que há unidades agrupadas nas dezenas, dezenas agrupadas nas centenas, e assim por diante.
*Usar o material ábaco e , de acordo com ele respondam. Quantas bolinhas verdes (unidades) precisam para formar o numero 32?
R: 32 bolinhas

TI – 9 Na seção 3 da Parte I, afirmamos que perguntas como: “quantos a mais” e “quantos a menos” ajudam a dar significado às operações. Discuta a qual operação cada uma destas perguntas está associada.
*Quando afirmamos quantos a mais, quantos a menos, estamos fazendo uma comparacão para ver a diferenca.

TI – 10 Crie um jogo com a idéia de juntar que possa ser desenvolvido na área externa de sua escola, envolvendo a participação corporal das crianças.
* Formar com os alunos 2 grupos: Azul e Vermelho e desenhar no chão 2 círculos. Cada grupo escolhe 2 crianças para responder, as outras 2 ficam em seus respectivos círculos.
Ao inicio do jogo, as crianças dos círculos mostram as mãos erguidas com a quantidade que escolherem de dedos erguidos.
A criança do grupo que acertar ganha 1 ponto. Vão trocando os pares até terminar as crianças. Ganha a equipe que tiver mais pontos.

TI – 11 Exemplifique pelo menos duas situações possíveis de ocorrer no cotidiano da sala de aula, nas quais a professora ou o professor pode chamar a atenção para a ação de acrescentar. Para cada uma delas, registre uma pergunta que a professora ou o professor pode fazer aos seus alunos.
* Utilizar a quantidade de alunos presentes e ausentes no dia. Por exemplo:
- Qual o total de alunos presentes na sala hoje?
- Usando a quantidade de meninos (12) e meninas (Cool na sala de aula.
- Quantas meninas precisamos acrescentar para termos a mesma quantidade de meninos? R- 4.

TI – 12 Em um problema de retirada, sempre há pelo menos três quantidades envolvidas: (1) quanto havia da retirada; (2) quanto foi retirado e (3) quanto restou. Para cada uma das duas sugestões feitas acima, reconheça qual dessas quantidades a criança deve encontrar e quais são as quantidades conhecidas no problema.
*1ª sugestão: O aluno verificou o que restou (2), pois ele foi informado de quantas borrachas havia (5) e quantas foram retiradas (3).
*2ª sugestão: O aluno contou quantos alunos estava na fila. Não foi informado quantos alunos foram retirados da fila, houve a necessidade de contar novamente (ex.6). Somente depois desta verificacão foi possível perceber que 2 alunos foram retirados.

TI – 13 Elabore uma atividade de comparação na qual os alunos precisam ter interiorizados a idéia de comparar, pois não é possível dispor concretamente os elementos dos dois grupos lado a lado.
* Em uma casa temos 4 quartos e 3 banheiros. Quantos quartos temos a mais que banheiros?

TI – 14 Elabore uma situação-problema envolvendo a ação de completar. Liste as perguntas que você deve fazer ao seu aluno.
* Lucas coleciona carrinhos de corridas. Para que sua colecão fique completa, ele precisa ter 18 carrinhos.Lucas ja ganhou 10 carrinhos. Quantos carrinhos faltam para Lucas completar sua colecão?



TI – 15 Diante do problema de comparação: “Flávia tem 38 anos e sua filha, Duda, tem 13. Quantos anos a filha de Flávia tem a menos que ela?”, Clara apresentou a seguinte solução, apoiada na idéia de reta numérica:
Clara marcou na reta as duas idades (13 e 38) envolvidas no problema. Em seguida, marcou os números 20 e 30 e assinalou “saltos”, com os valores 7, 10 e 8, para sair de 13 e chegar a 38. Abaixo desta representação, a aluna escreveu a resposta correta, ou seja, 25.

a) Clara realizou um cálculo mental para obter a resposta. Qual foi?
*Para chegar no 20 são 7, 20 para chegar no 30 são 10 e 30 para chegar ao 38 são 8. Ela então somou 7+10+8=25
b) Por que você acha que Clara escolheu estes “saltos”?
*Ela se apoiou em números redondos 20,30.
c) Exemplifique outros “saltos” que uma criança poderia usar para chegar à resposta.
*13+10+10+5=38.
d) Que lhe parece mais natural: calcular 38-13 ou as ações de Clara? Por quê?
*As ações de Clara, porque é mais fácil resolver mentalmente.


TI – 16 Faça um planejamento de peças para montar um dominó da adição com todos os fatos básicos da soma até 5.
* 1 4 +1 =
* 3 3 +2 =
* 2 2 +2 =
* 5 3 +1 =
* 4 1 +1 =
* 3 2 +1 =
* 5 1 +0 =


TI – 17 Qual a operação que o aluno B deve realizar para adivinhar a carta escondida? Você acha que esta atividade ajuda o aluno a compreender que a adição e a subtração são operações inversas? Por quê?
* Subtracão, porque ele visualizará a carta 9 e é informado que o resultado da adicão será 15. Para saber a resposta, ele deverá subtrair 15-9=6.
* Sim, porque o aluno percebe que 15 é a soma de 9 + 6 mas, neste caso é necessário a subtracão.

2.1 - DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES COM OS ALUNOS

Usando o Material Cousinaire, fiz uma atividade bem simples com meus alunos.
* Num primeiro momento apresente-lhes o material, todos analizaram seus tamanhos, suas cores...depois disso, compararam o tamanho das barrinhas. Escolhi uma barrinha qualquer e pedi para que procurassem outras duas que tivessem o mesmo tamanho da primeira; foi ai que eles comecaram a associar os números às cores e aos tamanhos. Também tiveram uma pequena ideia de somar (adicão) : indiquei uma barrinha e os alunos teriam de combiná-la com outra, até obter o mesmo comprimento, ou seja, o mesmo tamanho.
.

3- MINHAS CONCLUSÕES
Conclui que as atividades propostas são muito importantes para uma melhor compreensão.
É fundamental a orientacão do tutor, a troca de experiências com as demais e, na prática, com os alunos.
Concluo com tudo isso que com o material concreto é mais fácil para a crianca aprender.

Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum